quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Ano Novo




Renovar é uma maneira de buscar trilhar uma nova caminhada,
Mesmo tendo percorrido uma extensa e exaustiva estrada.

É dar mais um pequeno e necessário passo,
Mesmo que muitos outros foram dados em vão.

É acreditar sem perder a fé,
Usufruir de um sagaz otimismo motivante
E se afastar da sedutora e inútil alienação.

É tentar mudar o que é preciso ser mudado
Do diminuto espaço daquilo que está ao alcance da ponta dos dedos,
E conservar o que ainda é intensamente pertinente
Na condição existencial do íntimo.

Renovar a vida para que ela continue ou comece
A trazer um adocicado sentido clarividente 
De alívio,
De leveza,
De aproximação,
De reconstrução...
De significado.

Reinar em terras conhecidas é praxe e confortante,
Difícil é adentrar o universo relutante e inconstante de nós mesmo.
A tarefa que parece ser a mais trivial ou aquela mais desprezada,
É aquela que realmente precisa ser conduzida e concretizada.

Entre enganos, autoenganos e luzes climatizadoras, 
Que a Paz seja o norte da nossa morada,
E a esperança nosso salutar guia aprazível.
Feliz Ano renovado de simbologia e singularidade.


sábado, 15 de março de 2014

Floresta








Na floresta de árvores negras,
esconde nossas mágoas.

Na floresta de árvores amarelas,
oculta o nosso passado.

Na floresta de árvores cinzas,
adentra nossos medos.

Na floresta de árvores brancas,
mimetiza nossa apatia...

Somente na floresta de árvores verdes,
que realiza a fotossíntese da vida
e encarrega de renovar
qualquer esperança que foi violada.

Oxigênio renovado é a vida em estado de efervescência.
Disposição para trilhar sem angústia,
as florestas que nos assombram no inconsciente.

Viver é reflorestar, sempre...

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Santa Sé, Fla & Fé



Torcedor é masoquista por natureza,
Acredita até mesmo quando o imponderável é inevitável,
A realidade que perverte a lógica,
A lógica sempre ser desautorizada,
A sensação que logo tudo acaba...

O gol que não entra,
O bagre que só bate cabeça,
A bola pesada dos pés de quem nem deveria ser do ramo,
É a trave,
É a barreira,
É o goleiro,
É o bico da chuteira,
É o lance que não foi chutado,
É o entrosamento jamais ativado,
É a tristeza otimista,
É o otimismo beirando o sanatório.

Na guerra só a garra,
Pois o futebol já ficou para trás,
É na fé, na esperança e na devoção.
Age Santa Sé!
São Judas Tadeu,
Santo padroeiro rubro-negro,
É ano sim, é ano não...
É o time sempre próximo do alçapão!

Tudo bem que nunca visitamos andares inferiores,
De campanhas gloriosas à lastimáveis,
No sufoco de fim de feira,
Na boca do sapo e no céu da boca da onça,
A torcida pergunta mareada e afônica:
Até quanto tanto sofrimento?
A promessa que o próximo ano será diferente,
Novas estrelas, novos espetáculos...
O caixa em dia e o gramado bem afiado.

Ah promessas, promessas!
Há quem diga que quem vive de promessa é santo,
Ser Flamengo é ser devoto,
Do futebol-arte ao futebol-malasarte,
Flamengo, Flamengo,
Vela, terreiro, santinho, arruda e reza...
Será que carecemos disso?
Ou até quando precisaremos de tudo isso?







segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Agrura





Quando os ventos da maldade,
Jogaram poeira em seus olhos,
Nossos singelos momentos se submergiram num voraz precipício...
A mentira contaminou o solo,
As flores se despetalaram-se e emudeceram-se,
Os nossos dedos desentrelaçaram-se e desbotaram-se na distância...

Se o amor é sintoma,
A realidade é castração.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013



A palavra presa na garganta,
É como um rio que não desemboca no mar,
a chuva que não precipita nenhuma gota d´água,
o corte que não sangra,
o amor que não flui...
Encarcerado em sua própria condição.




quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Saudade



A Saudade não é uma palavra,
mas um sentimento expresso...
Sintoma de uma dor latente
que finge ser vocábulo
para se esconder dentro do dicionário.



Anteparo



Passa o tempo, mudam-se as fórmulas, tocam-se os conteúdos,
Alteram-se as regras, alternam-se as cores, reelaboram-se as aparências...


A única coisa que se deve permanecer é a essência.
Nada poderá ser difícil de mudar.


Tudo pode parecer verdadeiro até que uma nova verdade se estabeleça no lugar...
Tal essência é o nosso próprio sintoma.